contagem de calorias x emagrcimento saudável

Se calorias determinassem se você vai engordar ou emagrecer, 300 calorias de brigadeiro teriamo mesmo efeito sobre o corpo que 300 calorias de brócolis. Nesta fábula, uma dieta composta de 1000 calorias provenientes unicamente de pavê de chocolate, deixariam as pessoas magras e felizes. Mas não é exatamente assim que acontece, o problema não é de quantas calorias o alimento é composto, mas sim, qual o efeito deste alimento sobre seus hormônios.

Quando o carboidrato é  a principal fonte de alimentos que você consome com freqüência (estamos falando aqui de doces, pães, biscoitos, cereais, barras, grãos, e açúcares) não importa o quão integral ele seja ainda que “lentamente” ele vai disparar a liberação do hormônio INSULINA.

Quando há a diminuição do consumo de fontes de carboidrato, conseqüentemente a secreção de insulina diminui. A ausência de insulina ativa a lípase sensível a hormônios, ocasionando a mobilização rápida das reservas de gordura e conseqüentemente, a sua queima. E é assim que acontece o ganho de peso extra, a dificuldade em eliminar aqueles ¨dois últimos quilinhos¨, mesmo consumindo “poucas calorias”. Então, você não acumulou gordura corporal por consumir muitas calorias e nem por comer muita gordura, mas por ativar insulina o dia todo (pelo consumo constante de carboidratos e ingerir fontes de energia sem as utilizar).

Não é necessário ¨cortar o carboidrato¨ mas diminuir a freqüência do consumo, fazer a associação correta com os demais macronutrientes (proteína, gordura), e vai começar a sentir os resultados. Entenda que calorias importam muito pouco, e que o conteúdo e a qualidade do alimento importam muito mais. O acate é um alimento calórico, muito mais que pão integral, porém é fonte de gordura, (não ativando a insulina) repleto de vitaminas, propriedades e ainda é sacietógeno, nesta comparação, por exemplo, calorias realmente não importam.

Open chat
1
Olá! 👋
Fique a vontade se quiser entrar em contato por aqui!
Como podemos te ajudar?😊